Mais um embate na Câmara Legislativa pela vacinação da Segurança Pública

Em 17 de março de 2021 – 19h05 – Redação

Na sessão extraordinária remota de hoje (17/03) da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputados travaram um pequeno embate à respeito da prioridade na vacinação das forças de segurança pública da Capital do país.

O Presidente da Casa legislativa deputado Rafael Prudente – MDB/DF, foi o primeiro a se pronunciar, fazendo um apelo a Secretaria de Segurança Pública na pessoa do secretário Anderson Torres e aos demais deputados oriundos das forças de segurança, bem como ao Governador Ibaneis Rocha para que se possa colocar os policiais como o que ele chamou de “prioridade zero”, citando como exemplo quando se chega na saúde as pessoas já tem os sintomas, ou até mesmo a certeza de estar acometido da Covid-19, já os policiais não, estes estão trabalhando fechando bares, casas de Swing e em exposição todos os dias desde o início da pandemia. Veja o vídeo abaixo onde o deputado Rafael Prudente expõe seu pedido.

Logo em seguida, garantindo não haver apenas a questão corporativista, uma vez que o deputado Hermeto – MDB/DF, que é oriundo da Polícia Militar do Distrito Federal, ressalta a questão da necessidade de se vacinar os policiais, pois estes não estão trabalhando remotamente como bem ressaltou o deputado Rafael Prudente, mesmo salientando que os professores também necessitam da vacinação tão logo os profissionais da segurança sejam vacinados, momento que há um embate com a deputada Arlete Sampaio – PT/DF, que coloca a questão da vacinação dos idosos. Veja vídeo abaixo:

O deputado Hermeto salientou a questão do Plano Nacional de Vacinação que colocou os presos à frente dos profissionais de segurança, sendo uma discrepância esta prioridade e que os secretários de segurança dos Estados fez um manifesto para se garantir que os profissionais sejam prioridades à frente de presidiários, solicitando que o ex deputado federal Alberto Fraga se abstenha de trazer as eleições de 2022 para este momento, onde o Governador Ibaneis, não vacinou e nem vai vacinar presidiários à frente dos profissionais, e que o Governo do Distrito Federal quer sim vacinar os policiais. Veja o vídeo abaixo:

Por fim a deputada Arlete Sampaio mostra que entre todas as pessoas que morreram no DF, estão em suas maiorias os idosos, demonstrando sua preocupação com a vacinação prioritária aos idosos, mesmo achando que policiais tem segunda ela que vacinar. Confira abaixo o vídeo:

Bem o Blog do Candango, volta a parabenizar os deputados que se mostram interessados em ajudar os profissionais da segurança pública e espera que esse “embate” saia do falatório e se faça logo como os deputados Hermeto e Rafael Prudente solicitaram, ou seja, vacinem logo estes guerreiros que mesmo jurando defender o cidadão com o sacrifício da própria vida, não aguentam mais defender sem que se sintam pelo menos amparados, leia-se, vacinados.