Chefes e supervisores de Brigada recebem curso de Gestão de Brigada para prevenção e combate a incêndios florestais

De 21 a 23 de agosto, brigadistas de liderança recebem curso, em auditório do Ibama em Brasília/DF, sobre gestão de brigada
Nesta segunda-feira (21/8), a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Proteção Animal (SEMA/DF), em parceria com o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e com o  Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo/Ibama), iniciou o 1º Curso de Gestão de Brigada, para capacitação de supervisores e chefes de brigada do Ibram, no auditório 2 do Ibama. O curso vai até quarta-feira (23), totalizando 24h de carga horária, com certificação, para uma turma de 30 alunos.
A capacitação é direcionada aos chefes e supervisores contratados pela autarquia distrital neste ano de 2023. De acordo com a servidora da SEMA/DF, Carolina Schubart, coordenadora do Plano de Prevenção de Combate a Incêndios Florestais (PPCIF), trata-se de um curso voltado a brigadistas de liderança, para que eles possam exercer suas funções da melhor forma. “Tem como principal objetivo capacitá-los a respeito de suas principais atribuições, dos procedimentos administrativos e sobre como devem se portar dentro de uma unidade de conservação”, explicou.
Segundo Pedro Cardoso, diretor de prevenção e combate aos incêndios florestais do Brasília Ambiental, o curso – que já é ministrado anualmente para as brigadas sob responsabilidade do Ibama – foi solicitado e adequado à realidade do GDF. “Nós o adaptamos à nossa realidade. Trata-se de um curso voltado ao aperfeiçoamento da questão organizacional, ou seja, como eles vão lidar com a parte administrativa, o planejamento no decorrer das ações e produzir os relatórios”, esclareceu.
Para Carolina Lepsch, diretora de implantação de Unidade de Conservação do Brasília Ambiental, o curso também é importante para apresentar o papel do Instituto, dentro da política ambiental, enquanto órgão. “Tem como objetivo esclarecer sobre o papel do Ibram dentro da política ambiental, principalmente sobre a proteção das Unidades de Conservação, os desafios apresentados, planos de manejo, dentre outros”, comentou.
Com experiência de mais de oito anos combatendo incêndios, a brigadista Jéssica Fernandes dos Santos elogiou o curso. “Acho muito importante para os chefes das brigadas do Brasília Ambiental. O curso nos ensina o  jeito correto de organizar nossa brigada, os materiais para combate, os acionamentos de incêndio e, principalmente, para estarmos organizados na hora exata dos combates aos incêndios, de maneira a alcançarmos o nosso objetivo. É um curso excepcional”, elogiou.
Combatentes – O Instituto Brasília Ambiental contratou, recentemente, 150 profissionais – entre supervisores, chefes de brigada e brigadistas – para prevenir e combater os incêndios nas unidades de conservação espalhadas pelo Distrito Federal.
A contratação faz parte do Plano de Prevenção de Combate aos Incêndios Florestais da Secretaria do Meio Ambiente e Proteção Animal (Sema) e, também, poderão atuar em outras áreas, em parceria com o Corpo de Bombeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *